“Nos afundou porque era o coração da série.” Steve Carell não deixou ‘The Office’, por vontade própria, de acordo com vários membros da equipe


Há bem pouco se cumpriu o 15º aniversário do lançamento ‘The Office’, uma série que acabou se tornando um marco da comédia quando soube o que fazer com Michael Scott, o personagem interpretado por Steve Carell durante sete temporadas. Até agora, acreditava-se que foi o ator quem quis deixar a série, mas, finalmente, se revelou a verdade sobre o que aconteceu.

Pelo visto, o ator deixou-se cair em uma entrevista que talvez deixaria a série após a sétima temporada, que era quando acabava o seu contrato, mas ainda não tinha tomado uma decisão definitiva. Tempo depois se mostrou partidário de seguir em ‘The Office’, mas os executivos da NBC, não mostraram interesse em mantê-lo, segundo esclarece Kim Ferry, estilista da série, no livro ‘The Office: The Untold Story of the Greatest Sitcom of the 2000s‘:


Não queria deixar a série. Disse a seqüência que ia assinar por outro par de anos. Disse o treinador, e ele entrou em contato com a cadeia e disse-lhes que estava disposto a assinar outro contrato. Chegou a data limite para que a cadeia lhe fizesse a oferta, passou e não lhe fizeram uma oferta. Assim que o seu agente reagiu no plano “Bem, eu acho que não quer renovarte o contrato por alguma razão”, coisa que me parece uma loucura, e a ele também, eu acho.

Reter Carell não era uma prioridade

As declarações de Ferry foram corroboradas por Allison Jones, diretora de casting, que aponta o seguinte: “Ele ia fazer outra temporada e então NBC, por qualquer motivo, não chegou a um acordo com ele. Alguém não pagou o suficiente, o que é uma completa estupidez“. Difícil levar a contrária para isso.

Pelo visto, um dos problemas foi que a renovação do contrato entrou em um período de transição para a cadeia, cuja liderança estava a passar de Jeff Zucker a Bob Greenblatt,, e este último não era muito fã de ‘The Office’, por isso que reter Carell não era uma prioridade. Isso acabou em sua marcha, dando a imagem de que tinha sido por decisão própria, quando não foi o caso, tal como ressalta Ferry:

Ele estava no plano “Olha, eu disse que queria fazê-lo. Não quero ir, não o entendo”. É alucinante o que aconteceu e me sinto mal, porque eu acho que a gente pensou que ele se foi por decisão própria e não é verdade. Eu estou dizendo, estava lá. Eu Realmente queria ficar e nos afundou a todos, porque ele era o coração da série.

‘The Office’ ainda considerado antena duas temporadas, mas já não foi o mesmo. Ao menos Carell teve a oportunidade de retornar para o episódio final da série.


A notícia “Nos afundou porque era o coração da série.” Steve Carell não deixou ‘The Office’, por vontade própria, de acordo com vários membros da equipe foi publicada originalmente em Espinof por Mikel Zorrilla .


Espinof

“Nos afundou porque era o coração da série.” Steve Carell não deixou ‘The Office’, por vontade própria, de acordo com vários membros da equipe
Source: português  
March 25, 2020

Next Random post