Por que não houve um Metroid no Nintendo 64?

O diretor de Super Metroid, Yoshio Sakamoto, explicou os motivos que o console ficou sem a sua correspondente ração de as aventuras de Samus Aran.

A saga Português é uma habitual das consolas Nintendo, mas, por que nunca chegou a Nintendo 64? E é que muitas das consolas desenvolvidas pela Nintendo desde o NES até o Wii, receberam ao menos um título de Português, no entanto, para Nintendo 64 nunca chegou a ser assim. Hoje em Vandal, ahondamos em um tema para muitos dissolvido nas brumas do tempo, e que para outros tantos ainda a dia de hoje, uma incógnita.

Por que não houve um Metroid no Nintendo 64?

Por que não houve Metroid no Nintendo 64

uma entrevista de 2010 para GamesRadar, o diretor de Super Metroid (1994), o lendário Yoshio Sakamoto, explicou o verdadeiro motivo pelo qual a série nunca chegou a ver um Português para o Nintendo 64.

“Sem dúvida, tratava-se de um momento em que pensei seriamente em mais de uma ocasião, a possibilidade de fazer um jogo de Português para o Nintendo 64. Mas eu senti que eu deveria ser a pessoa que deveria fazê-lo. Quando sujeté o controle do Nintendo 64, não podia imaginar como conceber o modo em que Ela se moveria em um ambiente 3D. Então, para mim, a nível pessoal, era muito cedo para fazer um Português em 3D”.

Por que não houve um Metroid no Nintendo 64?

naquele momento, Nintendo perguntou a outra empresa se poderiam fazer um jogo de Português para o Nintendo 64, e responderam categoricamente que não, que não poderiam. Declinaram da oferta, precisamente por isso mesmo, a falta de confiança para poder levar um jogo de Português para Nintendo 64 que se pudesse comparar-se favoravelmente com Super Metroid. É um grande elogio para mim, claro, mas também para tudo o que conseguimos com Super Metroid.

Parece que a responsabilidade e pressão sobre um título assim, eram mais do que titánicas até mesmo para ele próprio criador de Super Metroid. Em resumidas contas, sentiu que não dispunha de recursos para fazer a melhor versão que ele esperaria fazer de Português, e que o controle de N64 não jogava a seu favor. Uma pressão também infectada e, muito provavelmente, vivida por jogos de Mario e Link que chegaram a Nintendo 64 com o salto para 3D.

Por que não houve um Metroid no Nintendo 64?

Metroid não é tão aclamado no Japão como no resto do mundo

Outro dos principais motivos, é que a história entre Nintendo e Português nunca foi de todo favorável, ao menos entre o público japonês. É algo que muita gente desconhece, é que Português não é uma série tão louvada ou querida no Japão como no resto do mundo. Português tem muitos mais fãs a nível internacional, fãs, que, claro, incentivam esse desejo de mais entregas.

Outro dado muito curioso é que após o sucesso e lançamento de Metroid II: Return of Samus (1992) para o Game Boy, o departamento encarregado de Gunpei Yokoi foi dividido em duas partes, para passar a chamar-se Intelligent Systems. Uma parte desta equipe que está envolvida em sacar jogos para Game Boy, e o restante teve que dar a Samus Aran a maior missão que havia enfrentado até à data: Super Metroid para SNES, equipe que ficou a cargo de Yoshio Sakamoto.

Por que não houve um Metroid no Nintendo 64?

no entanto, outros executivos da Nintendo valorizavam que o esforço não merecia a pena, dadas as poucas vendas das duas primeiras entregas de Português, que se recortou uma grande parte do orçamento do próprio jogo. De fato, o próprio Gunpei Yokoi, ameaçou até em três ocasiões distintas, com cancelá-la. O próprio Sakamoto reconheceu que Yokoi detestava o jogo:

“Yokoi, que estava sempre irritado quando nos parecia completamente absorvidos e trabalhando durante horas em Super Metroid. Yokoi se enfurecía cada dia mais durante esse período…”.

infelizmente, e apesar de ser elogiado por críticos e elogiado por fãs, vendas Super Metroid no Japão foram muito baixas. Chegou a Nintendo 64, e a realidade é que a Nintendo não quis apostar em um Metroid 64. Também não estava sendo um bom momento para a Nintendo, e o medo de fazer um jogo que não se torne verdadeiramente positivo para o estado econômico da companhia, naqueles anos, era algo mais do que real.

Por que não houve um Metroid no Nintendo 64?

Em um futuro não muito distante, a Nintendo não desistiu em seu empenho por conceder a série Português para outra empresa: Retro Studios, um estudo norte-americano formado a partir de uma parceria entre a Nintendo e Iguana Entertainment, os criadores do mítico jogo de Faca. Seguro que como fãs da série Português, a pouca falta de confiança e fanatismo na série exibida pelo público japonês vos surpreender, já que, infelizmente, parece que só no resto do mundo, a saga é tão acérrimamente querida. Mas claro, até no Japão conta com o favor da crítica e com um número considerável de fãs.

Não é a única consola da Nintendo que não tem um Metroid

Vendo o fantástico resultado de Super Mario 64 e The Legend of Zelda: Ocarina of Time, é uma pena que não fazer o mesmo com Português, e tivemos que esperar o espetacular Metroid Prime (2002) para ver o salto da saga em 3D, o que não poderia ser melhor.

Embora o Nintendo 64, ficamos sem a nossa ração de Português, não é a única consola da Nintendo que não recebeu nesta saga, e, por exemplo, no Wii U também não tivemos um Português. Por sorte, esse não parece que vai ser o caso de Nintendo Switch, e embora com um reiniciar em seu desenvolvimento, teremos Metroid Prime 4, e apostaríamos que não vai ser o único, já que há fortes rumores de que a trilogia Metroid Prime também virá para a nova consola da Nintendo.

Por que não houve um Metroid no Nintendo 64?
Phoneia

Bibliography
Phoneia.com (March 24, 2019). Por que não houve um Metroid no Nintendo 64?. Recovered from https://phoneia.com/pt/por-que-nao-houve-um-metroid-no-nintendo-64/